terça-feira, fevereiro 15, 2005

 

Qualquer dia apanhamo-lo na tourada

.


Este fim de semana, Francisco Louçã abriu as portas da sua casa ao Expresso. A Nação tremeu de choque e desapontamento: não só Louçã tem uma filha-para-atirar-à-cara-do-Paulo-Portas, como não é gay, travesti ou swinger - vive numa relação estável de mais de duas décadas com uma obstetra (leram bem, obstetra, não abortista) da Maternidade Alfredo da Costa, e tem empregada doméstica (ao qual eufemisticamente refere como "uma senhora que vem cá duas vezes por semana dar uma ajuda na limpeza" - este tipo tem ou não jeito para as palavras??). E mais!! Horror! Pânico! Afirma não se sentir fascinado pelas drogas leves, mas já um bom charuto (!!!) é uma história completamente diferente! Só faltava ter mostrado as pantufas de breloques e a caneca de bom pai de família com a águia do Benfica!

Francisco, como hei-de dizer-te isto? Eu e o povo além de Futebol, Fado e Fátima, gostamos dos nossos líderes de extrema-esquerda bizarros! TU ATÉ ESSE DIREITO NOS NEGAS??

Tens a certeza que não tens qualquer coisa altamente não-burguesa para nos mostrar? Um fétiche por dedos de pés? Um vício de cera de móveis? O número de telefone do Freitas do Amaral (gravado no telemóvel como "Diogo Maluko")... QUALQUER COISA???!!!



<< Home
|

This page is powered by Blogger. Isn't yours?